Rádio Evangelho FM

Leitores Online

sábado, 23 de abril de 2016

Um exemplo de Consagração


No evangelho de Lucas capítulo 21 versos 1-4 temos o episódio denominado ‘‘a oferta da viúva pobre.’’ No pátio das mulheres no templo de Jerusalém era localizado o gazofilácio. Essa era uma área reservada aos treze cofres em forma de trombetas. Cada um se destinava ao recolhimento de ofertas específicas, de acordo com os seus fins: os tributos governamentais, as ofertas para os pobres, os dízimos para o sustento do templo e dos cultos, as ofertas dos sacrifícios, etc. O povo depositava os seus donativos nas diversas trombetas, segundo a finalidade de cada um. Jesus observava tudo aquilo, notando que os mais ricos faziam ofertas generosas, e volumosas até; mas o que eles ofertavam não lhes fazia falta, pois davam das sobras daquela parte que reservavam para os seus gastos extra. Veio porém uma viúva muito pobre e depositou numa das trombetas (a trombeta do sustento do templo) duas moedinhas de bronze denominadas ‘‘lepta’’. O valor da ‘‘lepta’’ era ínfimo. Era a menor moeda judáica em circulação, correspondia aos nossos cinco centavos de hoje. Tão insignificante quantia, no entanto, representava tudo quanto ela possuía. Nosso Senhor Jesus Cristo que vê o interior das pessoas interpretou a ação daquela mulher como um autêntico exemplo de consagração e amor a causa. Ele deixou bem claro que consagração  é aquilo que se faz com o coração na obra, em plena consciência de que faz para Deus, reconhecendo a sua soberania, mas também o seu amor que tudo deu por cada um de nós. Foi isto que levou Paulo a afirmar: ‘‘cada um contribua segundo propôs no seu coração , não  com tristeza ou por necessidade, pois Deus ama ao que dá com alegria’’(2ª Cor.9:7).




Por: Pastor Ozéas
Postar um comentário