Rádio Evangelho FM

Leitores Online

sábado, 16 de abril de 2016

Distribua Folhetos!


Era outubro de 1957. Ajoelhado em meu quarto na cidade de Laufenburg, no Sul da Alemanha, eu aceitava Jesus Cristo como meu Senhor e Salvador pessoal. Logo seria Carnaval, e junto com outros jovens cristãos saí distribuindo folhetos pelas ruas. É óbvio que naquela época eu não tinha muito a dizer sobre minha fé tão recente. Tudo era novo para mim. Mas os folhetos falavam uma linguagem clara, simples e fácil de ser entendida. Eles falavam por mim. Desde aquela experiência, evangelizar com folhetos tem sido importante na minha vida. Hudson Taylor (1832-1905), um dos maiores missionários da história, fundador e líder da Missão do Interior da China (hoje Overseas Missionary Fellowship) também se converteu a Jesus através de um folheto com o título “A obra consumada de Cristo”.

Fiquei pensando nesse assunto quando veio às minhas mãos o testemunho a seguir, que compartilho com muita alegria:
Sempre gostei de evangelizar nas ruas e praças da minha cidade. Esse ministério tem sido uma bênção, pois até os incrédulos falam que é muito bom ouvir a Palavra de Deus. Um dia entregamos um folheto para uma criança, que o levou à sua mãe. À noite ambos estavam na igreja. Também fazemos cultos ao ar livre e usamos folhetos onde carimbamos o endereço da igreja. Assim convidamos as pessoas a visitar os cultos. Conheço gente que se converteu através de um folheto. Um exemplo é um conhecido cantor evangélico, que aceitou a Cristo quando encontrou um folheto no bolso de seu paletó durante uma viagem de avião. Os folhetos da Chamada da Meia-Noite são de vital importância para a evangelização, pois são muito bem elaborados e empregados na obra de Deus sem desperdício. Do vosso irmão em Cristo, G.D.L., Baurú/SP.
Temos mais de 70 títulos de folhetos evangelísticos diferentes, e gostaríamos de encher suas mãos com eles. Infelizmente, testemunhos alegres e contagiantes como o acima tem se tornado mais raros. Mas o evangelismo pessoal não pode ser substituído por nenhum outro método de pregação do Evangelho. Será que hoje em dia confiamos demais nos meios de comunicação de massa e na evangelização pela televisão? Certamente devemos fazer uma coisa sem descuidar da outra. Existem, sim, muitos métodos de cumprir a ordem missionária “ide e pregai”. A distribuição de folhetos é apenas um dentre muitos meios, mas não deveríamos negligenciar essa ferramenta tão útil e proveitosa. Quem sabe outro Hudson Taylor possa ser ganho para Cristo e Seu trabalho missionário?
 
Por isso, aproveitemos a chance, atingindo essas pessoas com a melhor das mensagens, aquela que traz felicidade verdadeira e libertação real. Consagremos nossa vida ao Senhor a cada novo dia (Romanos 12.1-2), permitindo que Ele nos use, por exemplo, na distribuição de folhetos.

Unidos na obra do Senhor Jesus que está voltando, saúdo de coração.




Por: Dieter Steiger
Postar um comentário