Rádio Evangelho FM

Leitores Online

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

A Precisão da Bíblia


Embora a Bíblia seja um livro de texto sobre a religião, muitas vezes tocam em outras matérias como história, geografia e ciências. Quando toca, podemos conferir comparando-a com a arqueologia, etc. Se a Bíblia fosse escrita pelo Criador que sabe tudo, esperaríamos precisão.

Além disso, a Bíblia foi escrita há 2000-3500 anos, quando os erros científicos eram abundantes. Descrentes já procuraram impiedosamente achar erros nela. Mas se, apesar disso, podemos confirmar que não contêm os erros comuns daquela época – se verdadeiramente fala fatos que eram desconhecidos pelos cientistas até séculos mais tarde – então isso reforçaria bastante a nossa confiança de que não vem dos homens mas sim de Deus.

Considere os exemplos a seguir nos quais a Bíblia já foi provada ser precisa, mesmo quando “estudiosos” não concordaram com ela.

A. História e geografia

1. A nação hetéia

A Bíblia freqüentemente fala desta nação antiga (2 Samuel 11:3,6,17,24; Gênesis 15:19-21; Números 13:29; Josué 3:10), mas durante anos descrentes diziam que a Bíblia estava errada. Depois, em 1906, Hugo Winckler desenterrou Hattusa, o capitão heteu. Agora sabemos que, no auge, a civilização hetéia disputou com o Egito e a Assíria em esplendor!

2. Pitom e Ramessés

A Bíblia diz que os escravos israelitas construíram estas cidades egípcias usando tijolos de barro misturado com palha, depois de barro com restolho, e depois apenas de barro (Êxodo 1:11; 5:10-21). Em 1883, Naville examinou as ruínas de Pitom e achou os três tipos de tijolos.

3. O Livro de Atos

Sir William Ramsay era um descrente que procurou contestar Atos traçando as viagens de Paulo. Em vez disso, suas investigações fizeram dele um crente tenaz da precisão do livro! O ponto decisivo foi quando ele provou que, ao contrário da sabedoria já aceita, a Bíblia estava certa quando deixa subentendido que Icônio ficava numa região diferente de Listra e Derbe (Atos 14:6). (Veja Free, Archaeology and Bible History, 317.)

Considere estas citações de arqueólogos notáveis:

“…pode ser afirmado categoricamente que jamais uma descoberta arqueológica tem negado uma referência bíblica. Um grande número de descobertas arqueológicas foram feitas que conferem em resumo claro ou em detalhes exatos afirmações históricas na Bíblia. E, pela mesma moeda, uma avaliação adequada de descrições bíblicas tem levado a descobertas incríveis” – Dr. Nelson Glueck (Rivers in the Desert, 31).

“…a arqueologia tem confirmado inúmeras passagens que tinham sido rejeitadas por críticos como não-históricas ou contraditórias a fatos conhecidos…. No entanto descobertas arqueológicas mostraram que estas acusações críticas … estão erradas e que a Bíblia é confiável justamente nas afirmações pelas quais foi deixada de lado por não ser confiável. Não sabemos de nenhum caso no qual a Bíblia foi provada errada” – Dr. Joseph P. Free (Archaeology and Bible History, 1,2,134).

B. Ciência

Leia ISAÍAS 40:22.

9. Qual é a forma da terra?

A. Redonda.
B. Plana.
C. Cilíndrica.

Isaías escreveu isso quando os homens acreditavam que a terra era plana (“redondo” = “um circulo, esfera” – Gesenius). Hoje temos fotos tiradas do espaço que mostram a forma da terra, mas como Isaías sabia disso?

Leia JÓ 26:7.

10. Como a terra é sustentada (apoiada)?

A. Por quatro pilares enormes.
B. Nas costas de Atlas.
C. Paira sobre nada.

Os homens antigos acreditavam em muitos erros. Como Jó sabia a verdade?

Leia SALMO 8:8.

11. O que fica no mar de acordo com este versículo?

A. Montanhas
B. Sendas.
C. Alga marinhas.
D. Peixes.

Os homens não sabiam das sendas dos mares até que Matthew Maury leu este versículo e resolveu achá-las. Ele descobriu as correntezas do oceano, e ficou conhecido como o Pai da Oceanografia. (Impact, 9/91, pág. 3-4).

Leia ECLESIASTES 1:7.

12. O que esse versículo nos diz sobre os rios?

A. Os rios correm para o mar.
B. O mar não se enche.
C. Os rios voltam ao lugar de onde vieram.
D. Todas as alternativas.

Hoje entendemos como isso acontece através do ciclo da água e da evaporação. Com Salomão sabia disso?

A Bíblia contradisse teorias não-comprovadas, mas se for entendida corretamente nunca contradiz qualquer fato científico comprovado. No entanto, muitas vezes afirmou verdades científicas séculos antes dos homens conhecerem-nas.

Enquanto a Bíblia já foi provada ser precisa repetidamente, aqueles que criticam a Bíblia foram incapazes de provar o contrário. Isso certamente fortalece nossa fé em outros ensinamentos bíblicos.



 
 
 
Por: David E. Pratte
Postar um comentário