Rádio Evangelho FM

Leitores Online

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Não use o nome de Deus em vão


Um dos pecados mais comuns hoje em dia, para o qual poucas pessoas atentam, é o uso do nome de Deus em vão. A Bíblia afirma que usar o nome de Deus em vão é pecado e enfatiza que Deus condena tal prática (Êx 20.7). Logo, devemos evitar tal uso em nossa vida. Mas o que é usar o nome de Deus em vão?

Usar o nome de Deus em vão significa que o cristão não pode referir-se a Deus de forma vã, leviana, sem propósito ou desrespeitosamente. Não se pode usar o nome de Deus de toda forma. Não se deve banalizar o nome de Deus. Porém, não são poucos os que usam o nome de Deus, por exemplo, em piadas muitas vezes desprezíveis, num ato de desrespeito total à santidade de Deus. Outros usam para justificar pecados pessoais e/ou sustentar mentiras. Isso é abominável!

Mas não são apenas nesses dois casos que usamos o nome de Deus incorretamente. Jurar por Deus também é tomar o nome de Deus em vão. É pecado (Tg 5.12). No Antigo Testamento, tal prática era comum, mas Jesus a aboliu (Mt 5.34-36). Por quê? Porque somos falhos e muitas vezes nos equivocamos naquilo que pretendemos ou prometemos fazer. Por isso, não podemos jurar por Deus que faremos isso ou aquilo.

Jesus nos ensinou tão somente a declararmos a nossa intenção de fazer ou, se for o caso, o nosso desejo de não fazer ou a não possibilidade de fazê-lo. Nossas respostas devem ser “sim, sim” ou “não, não” (Mt 5.37). Em outras palavras, só devemos declarar que pretendemos fazer algo quando queremos e podemos fazê-lo; e só devemos afirmar que não faremos algo quando, sinceramente, não podemos fazê-lo ou não o queremos. Não devemos mentir, enganar ou enrolar, mas ser sempre sinceros.

Tiago ainda diz que devemos dizer “Se Deus quiser, farei isso ou aquilo”, justamente por causa da nossa possibilidade de falhar, como seres humanos que somos, e da nossa total dependência de Deus, como servos dEle que também somos (Tg 4.13-17).

Portanto, não faça juramentos usando o nome de Deus. Só prometa o que você quer e pode cumprir. Sua sinceridade e a fidelidade nos seus compromissos honram o nome de Deus que está sobre você, como cristão que você é.

Ser fiel é honrar a Deus. E se você honra a Deus, pode ter certeza: Ele vai honrar você!



 
 
Por: Pr. Silas Daniel
Postar um comentário