Rádio Evangelho FM

Leitores Online

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Venha para a Luz


"Então Jesus lhes disse: A luz ainda está convosco por um pouco, andai enquanto tendes luz, quem está nas trevas não sabe para onde vai."

Este versículo é maravilhoso. Revela um princípio claro de que aquele que anda nas trevas não sabe para onde vai. O que é trevas? Podíamos dizer que é ausência de luz, ou falta de conhecimento ou é ausência de revelação.

Um outro texto diz:

"Sem visão o povo se perde ou corrompe."

O povo precisa saber ou conhecer ser iluminado. O que a história chama hoje de "Era das trevas", poderíamos dizer o tempo onde faltou luz ou conhecimento de Deus.

Se pudéssemos voltar à Idade Média e dizer aos teólogos da época: vocês estão nas trevas, provavelmente seríamos queimados vivos, porque quem está nas trevas só reconhece que estava nas trevas depois de ser iluminado ou quando vem para a luz. Para que possamos saber onde estamos indo, precisamos fazer o que está escrito em Sl 34:5 "Olhai para Ele, e sede iluminados ,os vossos rostos não serão confundidos." O que Deus tem feito hoje na sua igreja é levá-la a olhar para Ele.

É tempo da igreja saber para onde está indo e não tropeçar mais, pois quem anda nas trevas tropeça. É tempo de olharmos para Ele. O que posso dizer, é que aqueles que nestes dias têm olhado, têm tido as suas vidas completamente transformadas. Por muito tempo temos olhado para o que Ele fez ou está fazendo. Tudo que Jesus fez na cruz não foi só para que fôssemos salvos, mas principalmente para que pudéssemos nos aproximar Dele, para olharmos bem para Ele e sermos iluminados.

Quando olhamos para Jesus primeiro ficamos extasiados com a sua formosura e beleza e então nos apaixonamos por Ele. E a primeira coisa que queremos é nos aproximar e beijá-lo. Prostrar e beijar os Seus pés (proskuneo) em adoração. De repente um clamor se arrebenta em nossas entranhas como uma represa que se rompe por não agüentar a pressão das águas, e a visão é tão tremenda, que desesperadamente clamamos por intimidade.

Mais!!!! Oh Deus !!!!!! Mais de Ti !!!!! Não importa o custo eu quero estar perto de Ti.

Iluminou-se em nossos corações que o que Adão perdeu de mais valor não foi o jardim, ou a autoridade e a beleza dos rios, mas o mais importante, a INTIMIDADE COM DEUS. Oh Deus!!!

Precisamos resgatar o que perdemos no jardim do Éden. Precisamos alcançar aquilo pelo qual o Senhor nos alcançou, leva-nos a olhar para Ti , para que seja iluminado o nosso entendimento e venhamos ver que há mais, muito mais a ser descortinado na intimidade contigo. Eu gostaria de expressar um pouco daquilo que eu creio que está sendo descortinado nestes dias para a igreja. Mas primeiro eu gostaria de lembrá-lo que revelação deve produzir coerência. O que eu quero dizer é que conhecimento deve produzir transformação, não adianta um descortinar da vontade de Deus e seus mistérios se não estivermos pré dispostos a nos adequarmos a esta verdade a nós revelada, ou seja , confiada.

O Senhor está confiando à esta geração conhecimento, unção, e cabe à nós ,levantarmos e marcharmos com a chama que foi colocada sobre nossas mãos. Olharam para E lê e foram iluminados. Eu creio que dentro disto Ele está nos dizendo : parem de olhar para si mesmos, seus lindos prédios que chamam de minha casa, e olhem para os meus olhos de fogo e vejam o meu coração que reflete através dos meus olhos.

A maior expressão do nosso amor para com Ele é a adoração. A adoração não tem lugar pra nós nos deslumbrarmos a não ser nEle. A adoração é o lugar onde o texto que diz "Porque Dele , por Ele, para Ele são todas as coisas",se materializa como uma nuvem de glória que faz calar o eu e dá lugar para a essência da vida O Rei dos reis, Jesus. Este é o caminho pelo qual o Senhor tem levado a igreja a experimentar um liberar da presença dEle no meio da adoração, de uma forma assombrosamente maravilhosa. Deus está levando a Igreja a lugares estes onde o coração do Pai é revelado, como que de repente nada mais importasse. Só Ele tem a primazia, e então nossos corações se entrelaçam com o Dele.

"Convertei-vos pela minha repreensão: abundantemente derramarei sobre vós meu Espírito e vos farei saber minha palavras."(Pv 1:23)

A adoração tem sido restaurada. Há alguns anos atrás, nós achávamos que o louvor havia sido restaurado e sabíamos tudo sobre louvor e adoração, e então um novo nível de adoração é liberado , totalmente livre, espontâneo, sem começo definido, ou fim. Há um tempo atrás se alguém me perguntasse: como eu devo dirigir louvor? Eu teria na ponta da minha língua métodos e diretrizes. Por exemplo: Comece com músicas de alegria ou guerra, ou que falem sobre o sangue de Jesus até chegar naquelas músicas em tom menor ou seja músicas de adoração. Deus jogou tudo isso por terra abaixo. Hoje se alguém fizer a mesma pergunta eu não tenho nenhuma fórmula minha, pois, existe uma dependência que foi gerada nestes dias, ou pode se dizer até mesmo restaurada. Dependência do Espírito Santo.

Eu tinha costume de dizer que nós líderes não gostamos de avivamento porque perdemos o controle , mas a verdade é que no avivamento o controle não é perdido, e sim devolvido para quem sempre deveria tê-lo, O ESPÍRITO SANTO. Da mesma forma no louvor, temos que parar de controlar e deixar Ele nos conduzir. Se vamos cantar dez músicas ou apenas uma por uma hora, ou nenhuma, ou até mesmo ficarmos prostrados diante do Senhor, não importa. A nossa função como líderes de louvor, é a de atrairmos a glória do Senhor. A igreja já perdeu muito tempo tentando controlar tudo, o tempo chegou onde devemos devolver o controle de nossas vidas e ministérios para Ele, o Senhor. Eu quero te desafiar a olhar para Ele, e então sua vida nunca mais será a mesma!

Que Deus nos abençoe


Por: Judson Oliveira
Postar um comentário