Rádio Evangelho FM

Leitores Online

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Apóstolo Paulo, uma Vida de Fé


O século XX foi muito especial para a igreja, foi o tempo onde o Senhor iniciou a separação do seu povo e este chamamento tem provocado a ruína de muitas igrejas (denominações), poucas tem visto a Glória do Pai. É incontestável que vivemos os tempos finais, as profecias iniciam-se seu cumprimento. O Espírito Santo é dado abundantemente aos que permanecem fiéis e sinais são realizados para a edificação destes. Em sentido contrário vemos a grande apostasia presente, igreja tomadas por tamanha incredulidade que dói em nossa alma só o ouvir.

As igreja em muitos casos tornam-se em uma espécie de clube social, onde em suas reuniões mescla-se: tradicionalismo, rituais e algo próximo a práticas esotéricas que denominam de culto. Visíveis tantos nas chamadas pentecostais (vivem em meio a uma grande confusão) e nas tradicionais (não crêem verdadeiramente na Palavra) ressaltando que não estou generalizando. Há fiéis, santos em ambas as correntes.

É tempo de recomeço, de mudanças e de submissão à vontade do Mestre Jesus.

Saulo era membro ativo da igreja, ocupava uma boa posição, conhecia profundamente a doutrina e os mandamentos, no entanto, era um homem que não conhecia a Deus. Veja quanta semelhança há com os cristãos de hoje; conhecem os mandamentos, as doutrinas e são zelosos, vão às últimas conseqüências por elas, mas poucos verdadeiramente conhecem o Mestre e dão a vida irrestritamente em sacrifício de amor. Saulo tinha plena consciência que seus atos eram corretos e necessários, mas estava totalmente equivocado. Foi preciso uma revolução, uma mudança plena de vida, um abandono de atos e costumes para ser uma nova criatura e desta forma, servir a Deus.

Hoje os cristãos precisam abrir os olhos para enxergar a verdade, colocar o amor pela igreja e suas doutrinas em segundo plano e focar a atenção na Palavra e vivê-la. Necessitam de um recomeço, uma nova vida a exemplo de Paulo.

O Apóstolo deu um passo de coragem, de amor em direção à Verdade, perdeu tudo o que era considerado importante: família, amigos, nome, títulos, respeito, etc. Mas tinha a certeza que este era o caminho real e de vitória e por ele deu a vida. O preço é muitíssimo alto para os padrões atuais e os servos que o abraçarem precisam rever conceitos e princípios. Os diplomas de teologia, cargos de presbíteros e diáconos, títulos de missionários(as), a condição de membro de uma bela igreja ou não, convívio familiar, amizades etc. Em alguns casos precisam ser colocados em segundo plano, para que a vontade e a glória de Deus resplandeça na vida. Paulo agiu assim e foi maravilhosamente abençoado e honrado pelo Senhor.

Muitos preferem viver na aparência, um evangelho vazio sem vida, sem prazer, por obrigação ou medo do inferno. Carregam o rótulo de crentes, são seguidores de homens importantes e nestes espelham a vida. Porém, não possuem o Espírito Santo e a satisfação de amar e ser amado pelo Pai.


É tempo de Mudar !


Por: Elias R. de Oliveira
Postar um comentário