Rádio Evangelho FM

Leitores Online

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Profissão e Inspiração


Lucas 1:1-4

(1) Muitos já se dedicaram a elaborar um relato dos fatos que se cumpriram entre nós, (2) conforme nos foram transmitidos por aqueles que desde o início foram testemunhas oculares e servos da palavra. (3) Eu mesmo investiguei tudo cuidadosamente, desde o começo, e decidi escrever-te um relato ordenado, ó excelentíssimo Teófilo, (4) para que tenhas a certeza das coisas que te foram ensinadas.

O texto de Lucas foi formado através das tradições que haviam em cada comunidade. Ao fazer sua pesquisa, ouvia diversas e diversas histórias de ensinos e testemunhos acerca de Jesus. Ao ouvir cada relato, ele podia perceber o que havia marcado a história daquela comunidade.

Após fazer sua própria investigação, Lucas organiza os relatos que mais lhe marcaram ou os que mais fariam sentido para as comunidades gregas a quem dirigiu seu escrito. Em todo este belo trabalho onde um homem (Lucas) demonstra suas habilidades, havia uma inspiração divina. “Toda a Escritura é inspirada por Deus” (2 Timóteo 3:16)

Em Lucas vemos Deus usando a pesquisa, assim como em Salmos e em Jó, vemos Deus usando a musica, o teatro e a ópera. Em Provérbios, vemos conselhos práticos para o nosso dia-a-dia colocados como poesia. Em Eclesiastes, divinamente inspiradas, as observações de um idoso se tornam sabedoria. Em cântico dos cânticos o amor e o romance ganha dança, musica, coreografia, cenário, recital e novamente a poesia. É a inspiração divina mostrando o belo e revelando nossos mais profundos sentimentos.

Deus usou os historiadores, que além de sua capacidade de juntar relatos e ordenar os fatos, fizeram também uma leitura profética e didática na História dos Reis ou das Crônicas contadas. Os profetas por sua vez, fazem muitas de suas declarações verdadeiras poesias e canções (Isaías 5), ou organizam suas declarações através de acrósticos utilizando-se da ordem do alfabeto hebraico (Lamentações de Jeremias, Salmos 111 e 112).

Em tudo isso vemos a graciosidade de Deus em dotar o ser humano de capacidade criativa, de fazer obras, desenvolver o seu dom e profissão, e ainda assim ser um instrumento nas mãos do Senhor para, através de seu trabalho, transmitir a Palavra de Deus aos homens.

Êxodo 35:30-35

(30) Disse então Moisés aos israelitas: “O SENHOR escolheu Bezalel, filho de Uri, neto de Hur, da tribo de Judá, (31) e o encheu do Espírito de Deus, dando-lhe destreza, habilidade e plena capacidade artística, (32) para desenhar e executar trabalhos em ouro, prata e bronze, (33) para talhar e lapidar pedras e entalhar madeira para todo tipo de obra artesanal. (34) E concedeu tanto a ele como a Aoliabe, filho de Aisamaque, da tribo de Dã, a habilidade de ensinar os outros. (35) A todos esses deu capacidade para realizar todo tipo de obra como artesãos, projetistas, bordadores de linho fino e de fios de tecidos azul, roxo e vermelho, e como tecelões. Eram capazes de projetar e executar qualquer trabalho artesanal.

Esteja consciente disto nesta semana. Ao exercer sua profissão, você poderá estar usando o seu ministério pessoal, planejado por Deus

 
Por: Pr. Anésio Rodrigues - Comunidade Carisma
Postar um comentário