Rádio Evangelho FM

Leitores Online

quarta-feira, 28 de julho de 2010

A Música na Igreja


A música inspira-nos a cantar e louvar a Deus. O louvor faz parte do culto cristão coletivo. Sem o verdadeiro louvor a Deus, não há culto. Alguém definiu louvor como a forma mais elevada de oração. A alma deleita-se em Deus e o bendiz por aquilo que ele é, e tem feito em nosso favor; por meio de Jesus Cristo nosso Salvador. O louvor harmoniza-se perfeitamente com o ato de adorar. Quando nos reunimos para louvor a Deus naturalmente o adoramos e glorificamos pelas bênçãos que ele dispensa à sua igreja ou individualmente a cada um dos seus filhos.

O louvor une todos os crentes em um só propósito: cultuar a Deus. Na carta aos Hebreus o escritor recomenda que apresentemos a Deus sacrifício de louvor. (Heb. 13:15).

A música na Igreja deve ser ministrada em tudo que surte efeito. Ela é um forte instrumento na edificação dos crentes e muito eficiente na evangelização dos não crentes. Para que sejam alcançados esses objetivos a música deve partir de corações sinceros de pessoas que vivem aquilo que estão cantando.

A principal função da música na igreja é ministrar às necessidades espirituais dos seus membros. Ela está relacionada com a missão da Igreja neo-testamentária; cultuar (adorar), edificar (educar e encorajar) e proclamar (evangelizar). A Igreja hoje deve cantar com alegria e com gratidão pelas bênçãos do Senhor e pelo seu cuidado para com seu povo.


Por: Professor Joel Saraiva
Postar um comentário