Rádio Evangelho FM

Leitores Online

quinta-feira, 29 de abril de 2010

De Joelhos é Bem Melhor!


Coincidência ou não, duas senhoras, esposas de pastores, encontraram-se em uma reformadora de roupas:


- Ei Wilma! Que bom te encontrar de novo! Quanto tempo, heim! Mas o que você está fazendo aqui nessa alfaiataria, menina?

- Ei Marina... eu também estou feliz em te rever... Eu estou aqui, porque vim apanhar umas calças do meu marido, que precisavam de uns retoques... e você, o que faz aqui?

- Ah! a mesma coisa que você, vim também apanhar umas calças do João que estavam precisando de uns pequenos remendos... Mas me conte as novidades, como está a sua igreja – bastante animada?

- Que nada, Marina! Pobre do Alfredo, ele está muito desencorajado no trabalho da igreja. Há alguns dias ele falou até em renunciar, pensa que se continuar assim, terá que entregar o seu cargo. Parece que nada vai bem e tudo dá errado, e o pior é que a maioria dos membros estão contra ele.

- Lamento por vocês... Já o meu marido tem dito exatamente o contrário: ele tem sentido crescer a cada dia sua intimidade com Deus, e cada vez mais, experimentado uma comunhão mais gostosa com cada um dos membros do rebanho que Deus lhe confiou... a nossa igreja.

Um inesperado silêncio tomou conta daquele local e ambas continuaram em pé, próximas ao balcão aguardando a entrega de suas encomendas... Nisso, chegou dois atendentes, um para cada uma delas, e cada qual com um embrulho a ser entregue... Elas receberam suas respectivas mercadorias, e, num mesmo instante, abriram-nas para conferirem o serviço... Estava tudo nos conformes, do jeitinho que elas pediram: As calças do Pastor João, marido de Marina, tinham remendos na altura dos dois joelhos... e as calças do Pastor Alfredo, marido de Wilma, tinham remendo nas imediações dos bolsos traseiros...


É inegável que quanto mais nos relacionamos intimamente com Deus (através da oração, do estudo da Palavra, do cumprimento de Sua vontade), mais experiências e bênçãos desfrutamos em nosso dia-a-dia. Se dobrarmos nossos joelhos mais tempo em Sua presença, mais ouviremos a Sua voz. E se ouvirmos a Sua orientação, mais alegria e júbilo teremos em cada passo de nossa jornada, e com isso, certamente, contagiaremos toda a nossa igreja.

Mas, quando ocupamos o nosso tempo apenas com os interesses pessoais (ignorando que os mesmos hão de ter muito mais sucesso se colocados debaixo da graça e da unção do Senhor), a possibilidade de nosso fracasso e comentários serem iguais aos da Wilma é muito grande.

Há uma antiga canção que conta a história de um pastor que vinha caminhando pela rua, lamentando o fato de sua igreja ser fria e sua alma vazia. Ele reconhecia que não podia mudar a situação porque não tinha nada de si para dar. Enquanto caminhava, encontrou, na rua, um menino engraxate que trabalhava ajoelhado ao chão. Se ofereceu em presenteá-lo com um banquinho, ao que o menino respondeu: "Não! obrigado, de joelhos é melhor!"

E foi aquela palavra do garoto que mudou a vida daquele pastor e de toda a sua igreja. O que de fato faltava para aquele pastor era a oração, faltava-lhe um relacionamento mais íntimo com o Senhor.

Você quer gozar das bênçãos de Deus? então lembre-se: de joelhos é melhor!

Adaptação do texto "DE JOELHOS É MELHOR!"
de Paulo Roberto Barbosa - Rio de Janeiro/RJ


Por: Cícero Volney
Postar um comentário